Home > Revista > O sucesso do Palio

O sucesso do Palio entre os usados   

 



Compacto que sairá de linha vende muito bem no mercado de seminovos. 

 



12/03/2018 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação

Jaguar controlado pelo relógio

Compacto da Fiat registra empate técnico com o irmão Uno.
 

Na esteira do crescimento de vendas dos modelos novos nos dois primeiros meses do ano, o mercado de usados também registra elevação. Em fevereiro, foram comercializados 741.381 veículos seminovos, entre automóveis de passeio e comerciais leves. O número é 4,4% maior que o apresentado no mesmo mês do ano passado.


Em relação a janeiro, a queda foi de 14,7%. Mas é preciso ponderar que, além de ser um mês mais curto, fevereiro teve o Carnaval no meio do caminho, totalizando apenas 18 dias úteis. O acumulado do primeiro bimestre chega a 1.611.061, ou seja, 4,2% a mais que 2017 (1.536.982).


São boas notícias para o setor. O que não muda mesmo são os líderes de vendas. Entre os automóveis, o Gol não larga o osso e vendeu em fevereiro 64.671 unidades. No ranking dos comerciais leves, a dianteira é da picape Fiat Strada, com 18.848, com uma vantagem confortável sobre VW Strada (14.499).


Empolgante é a briga pela segunda posição atrás do Gol. O Fiat Palio – que está se despedindo do mercado – segue fazendo muito sucesso entre os usados e, em fevereiro, vendeu 41.478 carros. Um empate técnico com seu irmão Uno, que figura em terceiro com 41.178 exemplares. É um repeteco do duelo de 2017, quando o Palio vendeu apenas 2.000 unidades a mais que o Uno.


Graças ao desempenho de Gol e Saveiro, a Volkswagen encabeça a participação de mercado, com 21,3% do bolo. A Fiat só tem a agradecer as boas vendas de Palio, Uno e Strada, porque vem logo atrás, com 20,3%.