Home > Revista > Não deixe o tanque na reserva

Não deixe o tanque na reserva


Acredite: dirigir o carro com pouco combustível pode colocar vidas em risco.

04/11/2016 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação 

Jaguar controlado pelo relógio
Marcador perto do fim é sinal de alerta para o motorista.

Aqui vai uma dica: evite ao máximo que a luz da reserva de combustível de seu carro acenda. Trafegar sempre com o mínimo de gasolina, etanol ou diesel é arriscado. Além de ficar sujeito a tomar multa, o veículo pode desligar subitamente e ocasionar graves acidentes. Veja esse e outros perigos ao circular só com o cheiro de combustível:

PANE SECA
Caso o combustível acabe, há o risco de o veículo parar de funcionar repentinamente, podendo ocasionar acidentes graves no trânsito.

BOMBA
A função da bomba de combustível é levar o que está no tanque para o sistema de alimentação do motor. O componente é elétrico e refrigerado pelo próprio combustível. Por isso, ficar com o mínimo de combustível no tanque diminui a capacidade de refrigeração e aumenta a temperatura de trabalho do sistema.

SUJEIRA
Tanque vazio é sinônimo de acúmulo de sujeira. As impurezas aspiradas pela bomba podem danificar o pré-filtro e diminuir a vida útil da bomba de combustível.

SEM REPARO
Não existe reparo de bomba de combustível. Caso seja danificada, a troca da peça é o mais aconselhável. O valor de uma bomba varia conforme o modelo.

OUTROS PROBLEMAS
Sistema de injeção, saturação do filtro de combustível e entupimento das válvulas de injeção são outros problemas que podem surgir ao andar com o combustível na reserva. Perda de potência ou mal funcionamento do carro são os primeiros sintomas de alguma falha.

MULTA
Parar por falta de combustível é infração de trânsito. O motorista tem obrigação legal de verificar se há combustível suficiente para chegar ao seu destino antes de iniciar a viagem. Com os novos valores de multa, que vigoram desde 1º de novembro, parar por pane seca (infração média) custa R$ 130,16 – e não mais R$ 85,13 –, além de quatro pontos na carteira de habilitação.