Home > Revista > Lincoln apresenta novo SUV

Lincoln apresenta seu novo SUV médio 

 



Batizado de Nautilus, a novidade vai substituir o modelo MKX, que segue à venda no mercado americano. 

 



02/02/2018 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação

Jaguar controlado pelo relógio


Ao contrário do que ocorre no Brasil, os consumidores americanos não veem problema em adquirir um automóvel que já tem data para sair de linha. É o que ocorre agora com o SUV médio da Lincoln (divisão de modelos de luxo da Ford), o MKX. A montadora não só já apresentou o seu sucessor, o Nautilus, como incluiu um link em seu site para que os consumidores conheçam a novidade em detalhes (exceto o preço). Detalhe: enquanto isso, o MKX segue sendo oferecido normalmente, sem qualquer oferta.


Previsto para chegar às lojas daquele país no segundo semestre deste ano, o Nautilus traz, como um de seus atrativos, a nova identidade visual da marca, com a bem dimensionada grade frontal cromada, similar à dos recém renovados Continental, Navigator e MKZ. “Com a introdução do Nautilus, a Lincoln terá um portfólio com modelos marcantes e identidade visual facilmente reconhecível”, disse Kumar Galhotra, presidente da fabricante. De acordo com a empresa, o nível do acabamento, o design e o amplo espaço interno são diferenciais com os quais o novo SUV pretende conquistar novos clientes.


Jaguar controlado pelo relógio


Embora não seja o maior veículo do catálogo da Lincoln, o Nautilus não decepciona em termos de requinte. Os vidros laterais, por exemplo, tem isolamento acústico para reduzir o ruído causado pelo vento junto aos retrovisores e permitir que os ocupantes desfrutem do sistema de áudio com 19 alto-falantes da marca Revel e que foi desenvolvido especificamente para o utilitário. A suspensão também foi calibrada para proporcionar segurança, conforto e silêncio a bordo.


Em termos de conforto, aliás, os bancos merecem destaque. Denominados Ultra Comfort, eles possuem 22 opções de ajuste, além de massagem lombar e, opcionalmente, sistemas de aquecimento e resfriamento. Segundo a Lincoln, esses bancos foram desenvolvidos com o auxílio de ortopedistas e contribuem para reduzir o cansaço, seja em longas viagens ou no trânsito congestionado das grandes cidades. 


Jaguar controlado pelo relógio


Tecnologia é outro item relevante no Nautilus, pois o modelo conta com uma série de sistemas de auxílio ao condutor. “Nós nos esforçamos em implementar recursos inovadores, que ajudem a tornar as viagens mais seguras e agradáveis”, explica Kumar Galhotra. Entre essas novidades, destaca-se um sistema que ajuda a manter o Nautilus na faixa de rolamento com o controlador de velocidade de cruzeiro acionado, ajudando a reduzir o estresse do motorista. Esse equipamento atua por meio de sensores de radar e câmeras e pode ser usado até em situações de trânsito pesado, já que o sistema mantém a distância do carro à frente, mesmo em condições de para-e-anda.  


Tem mais: o Nautilus conta com assistente de manobra evasiva, que monitora a distância do carro que vai à frente e se detectar que o espaço é insuficiente para evitar a colisão com a frenagem, o sistema ajuda o motorista a realizar a manobra de desvio. Detector de pedestres, monitor de ponto cego, assistente de manobras, alerta de mudança de faixa e Auto Hold (que permite ao motorista tirar o pé do freio para manter o carro parado em congestionamentos) são outros equipamentos disponíveis no Lincoln Nautilus.


Sob o capô, o novo SUV médio vai contar com duas opções de motor, ambos 4-cilindros com turbocompressor, injeção direta de gasolina e comando de válvulas variável. O primeiro, um 2.0 com potência estimada de 248 cv e foco na eficiência, e o segundo um 2.7 capaz de entregar 340 cv e 52,5 kgfm. Ambos serão equipados com sistema Start-Stop. O câmbio sera sempre automático de oito marchas.