Home > Revista > Kwid em seu primeiro mês

Kwid vende 10 mil em seu primeiro mês    

 



Hatch compacto da Renault fica em segundo no ranking de setembro. 

 



07/10/2017 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação


 Fit 2018 está mais equipado

Renault Kwid: mais de 10 mil unidades vendidas logo no primeiro mês.
 

O primeiro mês cheio de vendas não é, necessariamente, uma certeza de que um carro novo será sucesso ou fracasso no mercado. Mas dá algumas pistas. Em setembro, o Renault Kwid, lançamento mais esperado do ano, atropelou rivais como Hyundai HB20 e Ford Ka e já aparece em segundo lugar no ranking de vendas, com 10.358 unidades. Ficou atrás somente de Chevrolet Onix (17.236). 

 

O peso da novidade, o preço da versão de entrada (R$ 30.000) e as qualidades do modelo (como os quatro airbags) influenciaram na decisão de compra do consumidor. De quebra, o compacto foi o responsável por alavancar a participação da Renault no mercado, que saltou para o 4º lugar de vendas entre automóveis e comerciais leves.  

 

O Ford EcoSport reestilizado também teve uma ligeira melhora em setembro, mas não a ponto de ameaçar os líderes da categoria de SUVs: vendeu 3.159 carros (contra 2.726 em agosto) e está em sexto lugar no ranking.


Fit 2018 está mais equipado

A Fiat Toro mantém bravamente a liderança entre os comerciais leves.
 

Briga empolgante está sendo travada por duas picapes da Fiat no segmento de comerciais leves. Toro e Strada protagonizam um tome-lá-dá-cá impressionante. Em setembro, a Strada se saiu melhor, com 4.621 unidades comercializadas, contra 3.918 da Toro.

 

No acumulado do ano, porém, a Toro mantém a ponta, com 38.425 veículos, enquanto a Strada sustenta-se na vice-liderança com 37.280 unidades vendidas. A Volkswagen Saveiro encontra-se em terceiro, com 31.199, e se desgarrou um pouco dessa batalha.