Home > Revista > I.D. R Pikes Peak

I.D. R Pikes Peak ladeira acima   

 



Carro elétrico da Volkswagen é aposta da marca na famosa prova Pikes Peak.



11/06/2018 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação

Jaguar controlado pelo relógio

O protótipo I.D. R Pikes Peak: prova de que é possível aliar motor elétrico com alta performance.
   
A Pikes Peak International Hill Climb é uma tradicional subida de montanha no Colorado (EUA), que acontecerá no dia 24 de junho. O vencedor é o piloto que cumprir o trajeto em menos tempo. A Volkswagen será representada pelo superesportivo I.D. R Pikes Peak, um protótipo totalmente elétrico que será guiado pelo piloto Romain Dumas.

Segundo a Volkswagen, o I.D. R Pikes Peak será uma espécie de embaixador para a esportividade da família I.D. e é também o primeiro passo em colaboração mais próxima entre as divisões Volkswagen R e Volkswagen Motorsport. A marca planeja oferecer mais de 20 carros totalmente elétricos até 2025. A produção das primeiras unidades da família I.D. está programada para o fim de 2019, na Alemanha.

“A família I.D. nos colocará na vanguarda da eletromobilidade”, diz Frank Welsch, diretor de desenvolvimento da Volkswagen. “Competir na mais famosa prova de subida de montanha do mundo, com o I.D. R Pikes Peak, é um teste valioso para a evolução dos nossos carros elétricos, porque será uma oportunidade fantástica de alavancar esse tipo de tecnologia numa perspectiva mais esportiva.”

Jaguar controlado pelo relógio

A Volks espera bater o recorde de velocidade da prova com o seu carro elétrico.
   
A subida de montanha de Pikes Peak – conhecida como “corrida para as nuvens” – é realizada desde 1916 nas Montanhas Rochosas do Colorado. Com 20 km de extensão, a prova parte em um ponto a 2.800 metros de altitude e atinge 4.300 metros no seu topo. A Volkswagen participou de Pikes Peak em 1987 com um Golf de dois motores, que entregava 652 cv de potência.

Para a Volkswagen, o I.D. R Pikes Peak representa o desafio de demonstrar que é possível aliar motor elétrico com esportividade. A empresa fala, inclusive, em estabelecer novo recorde para veículos elétricos, que hoje pertence ao neozelandês Rhys Millen, que subiu os 20 km com o tempo de 8,57 minutos em 2016.