Home > Revista > Honda Insight

Honda Insight pode virar Civic híbrido   

 



Exibido em Detroit, o protótipo pode se tornar a versão híbrida do Civic. 

 



14/02/2018 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação


Jaguar controlado pelo relógio

O novo Insight foi exibido com protótipo, ou seja, a versão final não deve ter muitas mudanças. Os faróis serão totalmente de LED.

A Honda tem planos ambiciosos com relação aos automóveis com propulsão alternativa. A montadora japonesa anunciou que dois terços de seus modelos serão movidos por algum desses sistemas – seja motor elétrico, conjunto híbrido, híbrido Plug-In ou célula a combustível (fuel cell) – até 2030. Mas, para atingir esse objetivo, ela precisa de um modelo capaz de conquistar o público – principalmente o americano –, já que os atuais (o Fit elétrico e a gama Clarity, nas versões fuel cell, elétrico e híbrido Plug-In, além do novo Accord híbrido, que chega em breve às concessionárias daquele país) não são exatamente campeões de vendas. 


Jaguar controlado pelo relógio

Repare no estilo fastback na traseira, com a tampa do porta-malas pequena: inspiração no Civic.

Assim, a Honda exibiu, no Salão de Detroit deste ano, o protótipo da nova geração do Insight, modelo com o qual a marca estreou no segmento dos híbridos, em 1999 (nos Estados Unidos). O problema é que o carro – que nasceu como hatchback – nunca conseguiu cativar os consumidores americanos. Com isso em mente, os técnicos da Honda optaram por uma estratégia diferente, e deram ao novo Insight um visual mais próximo de um carro que o público de lá já conhece (e aprova): o Civic. 


Previsto para chegar ao mercado americano até o fim deste ano, o novo Insight será posicionado logo acima do Civic no portfólio da marca e vai se destacar pela cabine espaçosa para até cinco ocupantes, a condução refinada e a eficiência energética, segundo a montadora. E embora a Honda não tenha divulgado as dimensões do futuro modelo, o Insight deverá disputar espaço com o bem-sucedido Toyota Prius e com o Hyundai Ioniq Hybrid. 


A montadora não revelou detalhes sobre o conjunto motriz do novo Insight, mas anunciou que o modelo terá conjunto formado por motor a combustão 4-cilindros de 1.5 litro (ciclo Atkinson) e por um elétrico, que fará do modelo o mais potente da categoria – sem anunciar os dados. O futuro sedã será movido na maior parte do tempo com eletricidade, vinda da bateria ou com o motor a gasolina atuando como gerador. Ainda segundo a Honda, o novo Insight vai receber classificação EPA (agência ambiental americana) de 50 milhas por galão (21 km/l).


Jaguar controlado pelo relógio

Sem alavanca: o câmbio será comandado por botões no console ou pelas borboletas junto ao volante. 

A similaridade com o Civic, porém, vai ficar apenas com a aparência externa, já que, por dentro, o Insight terá design e acabamento exclusivo, como se pode ver na ilustração acima. As versões mais sofisticadas terão revestimento dos bancos de couro perfurado e a central multimídia contará com tela tátil de oito polegadas, que fará dupla com o quadro de instrumentos digital (de sete polegadas). A central será compatível com sistemas Android Auto e Apple CarPlay e as atualizações serão feitas por rede sem fio (wi-fi). Outro destaque serão os programas de assistência ao motorista, como sistema de frenagem autônoma de emergência, alerta de mudança de faixa, controlador de cruzeiro adaptativo e sistema de reconhecimento de placas de sinalização.