Home > Revista > Carros usados em alta

Carros usados em alta    

 



Vendas estão 5% superior em relação ao ano passado.



14/05/2018 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação

Jaguar controlado pelo relógio

O compacto Chevrolet Celta está em quarto lugar entre os automóveis de passeio.
  
O ranking de vendas de carros usados está dividido em três pelotões bem distintos. O primeiro é ocupado apenas pelo VW Gol, que desfruta a liderança mês após mês sem sofrer ameaças. O segundo é formado pelos modelos da Fiat Uno e Palio, que disputam com muito equilíbrio a vice-liderança. E o terceiro é composto pelos automóveis que se contentam em brigar pela quarta posição. Nessa leva se encontram Chevrolet Celta, VW Fox, Ford Fiesta etc.

Nas vendas de carros usados de março, o Gol deu outra lavada, com 76.569 unidades. Bem atrás estão Uno (48.825) e Palio (48.100)). Em um degrau abaixo, o Celta vendeu 28.349, mas guarda boa vantagem sobre o Fox (22.948) que, por sua vez, vê no espelho retrovisor a aproximação de Fiesta (22.632) e Chevrolet Corsa (22.456). Como as três primeiras colocações estão praticamente definidas, é a disputa pelo quarto lugar que reservará as maiores emoções.

Jaguar controlado pelo relógio

Fiat Fiorino é boa opção de comercial leve para quem não quer picape.
  
O cenário não é tão diferente no segmento de comerciais leves. Fiat Strada (23.451 unidades comercializadas) e VW Saveiro (18.072) certamente garantirão as principais posições. As picapes dominam o ranking, porém, entre os dez primeiros a VW Kombi (em sexto) e o Fiat Fiorino (em oitavo) são os estranhos no ninho.

A velha senhora Kombi vendeu 5.519 unidades em março e o Fiorino teve a comercialização de 4.929 carros. Para quem não quer comprar picape, são duas opções para transportar carga no dia a dia do trabalho.

O bom desempenho desses modelos ajudou a elevar as vendas de usados em março, quando 891.975 veículos saíram das lojas. O número representa 5% a mais que fevereiro e 16,5% sobre o mesmo mês de 2017. O acumulado do ano está em 3,35 milhões de unidades, índice 4.95 superior ao igual período de 2017.