Home > Revista > BMW X3: novo além do visual

BMW X3: novo além do visual  

 



Você pode achar que o novo BMW X3 está apenas de cara nova, mas, na verdade, o modelo mudou totalmente. Conheça os destaques da nova geração. 

 



22/01/2018 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação

Jaguar controlado pelo relógio

Novos faróis de LED, grade maior e com controle eletrônico de abertura, são algumas novidades no visual do BMW X3.

Logo ao primeiro olhar é possível perceber que o BMW X3 mudou. A grade dianteira está maior, os faróis foram rededesenhados – e incluem luzes de LED – e a parte inferior do para-choque é totalmente nova, com destaque para os faróis de milha e as entradas de ar. Mas ao observar as laterais ou a traseira do modelo, a impressão não é a mesma. Somente os mais detalhistas perceberão os novos vincos na carroceria ou as lanternas um pouco mais afiladas e o escapamento com saída dupla em todas as versões.


Jaguar controlado pelo relógio

As lanternas foram redesenhadas e agora todas as versões do X3 possuem dupla saída de escapamento.

Mesmo assim, é bom não se deixar enganar, pois essa geração do X3 é totalmente nova. Para se ter ideia, o modelo é construído sobre a nova plataforma modular da montadora, denominada CLAR, que é a mesma usada pelos sedãs das séries 5 e 7. A adoção da nova base permitiu aos engenheiros da BMW criar um modelo com dimensões maiores (5,4 cm no entre-eixos, 1,6 cm na largura e 5,9 cm no comprimento), mas mais leve – até 55 kg, dependendo da versão. O segredo é a utilização de material mais leve e resistente (incluindo até fibra de carbono) na plataforma.


O novo BMW X3 está disponível no exterior em três versões de acabamento: xLine, M Sport e a nova Luxury Line, todas equipadas com rodas de 18 polegadas como item de série. Opcionalmente, porém, é possível personalizar o modelo com rodas e pneus de até 21 polegadas. Ar-condicionado de três zonas, bancos com ventilação e teto panorâmico são outros equipamentos disponíveis como opcionais. 


Jaguar controlado pelo relógio

Quadro de instrumentos digital e tela da central multimídia com 10,2 polegadas comandada por gestos são as principais atrações na cabine do novo X3.

As novidades não estão apenas na estrutura e no visual externo. Por dentro, as mudanças foram igualmente extensas. A distribuição dos comandos e instrumentos, por exemplo, é diferente e o aspecto da cabine, agora, é mais “minimalista”. A tela da central multimídia possui 10,2 polegadas e pode ser acionada por gestos, enquanto um monitor colorido de 12,3 polegadas (opcional) exibe as principais informações no lugar do quadro de instrumentos convencional. Outro equipamento que pode ser adquirido opcionalmente é o Head Up Display, que projeta as principais informações do veículo na parte interna do para-brisa, permitindo que o motorista não desvie a atenção da pista enquanto dirige. 


Outra atração é a chave com display, que permite não apenas abrir ou fechar as portas do novo X3, mas também receber informações sobre o estado do veículo. Por meio da chave, o condutor pode, por exemplo, acionar o ar-condicionado à distância, fazendo com que o interior do veículo esteja na temperatura desejada na hora em que for sair com o carro.


Inicialmente, o novo X3 estará à venda com duas opções de motor (ambas a gasolina): o primeiro, um 6-cilindros de 3.0 litros, capaz de gerar 360 cv, que estará sob o capô da versão M 40i. O segundo é o 4-cilindros de 2.0 litros e 252 cv da configuração xDrive 30i, que substitui a xDrive 28i. O câmbio é o já conhecido Steptronic automático de oito marchas e a tração é integral sob demanda (xDrive). Em breve, serão lançadas as versões com motor a diesel.


No Brasil, os interessados em adquirir o novo BMW X3 já podem fazer a reserva pelo hotsite novobmwx3.com.br. O modelo tem preço anunciado de R$ 397.950 na versão M40i e R$ 309.950 na xDrive 30i e deve desembarcar por aqui ainda neste semestre, mas a montadora não anunciou em que mês ele chega às concessionárias.