Home > Revista > O Mustang mais potente

O Mustang mais potente de todos os tempos   

 



A Ford divulgou as primeiras fotos do futuro Mustang Shelby GT500, que, segundo a montadora, terá mais de 700 cv! 

 



10/02/2018 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação


Jaguar controlado pelo relógio

A tradicional cobra prateada identifica os modelos da série Shelby GT.

Após um período no qual os consumidores americanos deram a impressão de que estavam começando a se interessar por automóveis mais eficientes, a busca por potência voltou à cena nos Estados Unidos. É que a Ford anunciou, durante o Salão de Detroit, que vai lançar uma nova versão do Mustang, homologada para as ruas, com o motor mais potente da história. E, embora o anúncio não tenha sido muito detalhado, confirmou que a máquina terá um V8 turbo sob o capô, com mais de 700 cv.


Jaguar controlado pelo relógio

O defletor sob o para-choque proporciona mais estabilidade ao carro em altas velocidades.

Será a nova geração do famoso Mustang Shelby GT500, cujo primeiro modelo, criado pelo genial Carrol Shelby (responsável pelos lendários Shelby Cobra e Ford GT40, entre outros), foi apresentado em 1967, como versão apimentada do “pony car”. Aliás, vale lembrar como curiosidade, que o primeiro Mustang “anabolizado” por Shelby foi o GT350, lançado em 1965, que inaugurou a pintura branca com duas faixas longitudinais azuis e contava com um V8 de 306 cv sob o capô. Dois anos depois, após o Mustang passar por sua primeira (leve) reestilização, é que foi lançado o GT500 com motor V8 de 7.0 litros e 335 cv.


Durante o anúncio que confirmou o lançamento do novo GT500, foi exibido um vídeo no qual se podem ver as saídas de escapamento, as lanternas traseiras, o defletor sob o para-choque dianteiro, as rodas e, claro, o tradicional emblema da cobra prateada. O novo Ford Mustang Shelby GT500 foi projetado e desenvolvido pela Ford Performance, divisão da montadora responsável pelos carros de alto desempenho da marca.


Jaguar controlado pelo relógio

As rodas de liga leve também trazem o emblema da cobra. Pinças de freio pintadas de vermelho realçam a esportividade.

A repercussão do anúncio junto aos jornalistas especializados logo começou a alimentar uma série de especulações. A potência, por exemplo, está sendo estimada em 750 cv, o que permitiria ao novo GT500 superar os 717 cv do Dodge Challenger Hellcat (mas ainda o deixaria atrás dos 842 cv do Challenger Demon). Já o câmbio - surpreendentemente – seria o automático de dez marchas usado na picape F-150 Raptor. Mas, lembramos, essas são apenas especulações. Certo mesmo é que o novo Mustang Shelby GT500 será lançado ainda neste ano, como modelo 2019.


Como curiosidade, não se pode esquecer o filme “60 segundos” (Gone in 60 seconds), de 2000, que trouxe novos fãs para o GT500. Trata-se de uma refilmagem da obra de mesmo nome, lançado em 1974, na qual o carro principal era um Mustang Mach 1 de 1973. Na nova versão, o ator Nicolas Cage interpreta o ladrão de carros Randall “Memphis” Raines, que é apaixonado por um Mustang Shelby GT500, a ponto de apelidá-lo de Eleanor.


Jaguar controlado pelo relógio

Mesmo com mais de 50 anos, o Mustang Shelby GT500 original ainda impressiona pelo visual imponente e intimidador.