Farol aceso na estrada durante o dia: é mais seguro e pode evitar multa  




Lei já existe nos Estados Unidos e está próxima de ser aprovada no Brasil.


17/11/2015 - Texto: Autoline | Foto: Banco de imagens


FAROL ACESO NA ESTRADA DURANTE O DIA: É MAIS SEGURO E PODE EVITAR MULTA


Recentemente, o deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) apresentou o projeto de lei que obriga os caros a usarem o farol baixo durante o dia nas estradas. Bom, sempre que se pega a estrada de dia é possível ver um ou outro carro a cada dez com os faróis ligados, não a lanterna, o farol-farol mesmo!


A argumentação do Congresso Nacional é que a segurança vai aumentar nas estradas com o foral ligado, obviamente pela visibilidade maior. E como o projeto é nacional, não há o que fazer. Está na estrada em São Paulo? Ligue o farol. No Sergipe? No Acre? No Rio Grande do Sul? Farol, sempre!


Há países como Japão e Estados Unidos que justificam a posição do parlamentar e já decretaram a lei. Além disso, há países que já até fabricam carros com o chamado “Daytime Running Light”, isto é, um sistema de iluminação diurna que liga junto com o carro, automaticamente, para atender a legislação local.


A GM, por exemplo, instala o DRL em todos os seus carros desde 1995. E segundo os estudos americanos, a iluminação diurna evitou mais de 25 mil acidentes desde então. E para nós, assim como aconteceu com as leis do ABS e do airbag, a lei da iluminação diurna vem um pouquinho mais tarde. Alguns carros já estão saindo de fábrica com o DRL, casos de Peugeot 208, Citroën C3, Volkswagen Jetta e Fiat 500.


Se o projeto for mesmo aprovado, o Art. 40 do Código de Trânsito é que será alterado. Nele, o motorista será obrigado a deixar o farol aceso de dia nas estradas, além dos túneis como já é previsto em lei. Sendo assim, o texto passaria a ficar desta maneira: “o condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante a noite e durante o dia nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias”. Se descumprir a regra o motorista pode ser autuado com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Sendo assim, é melhor ligar o farol, né?