Audi Brasileiro é flex



Montadora volta a produzir no Brasil e lança tecnologia flex em seus modelos.

25/01/2016 - Texto: Autoline | Foto: Banco de imagens


Audi Brasileiro é flex


A Audi voltou a ser brasileira. Desde novembro os A3 Sedan vendidos no mercado nacional são produzidos em São José dos Pinhais (PR), na mesma fábrica onde o hatch foi produzido na década passada – e onde a Volkswagen faz o Fox e o Golf.


A grande novidade é o motor flex. Inédito no portfólio da Audi – e, naturalmente, só oferecido no mercado brasileiro –, o 1.4 TFSI com injeção direta deu 28 cavalos a mais de potência ao A3 Sedan, que agora alcança 150cv. A marca jura que o resto do carro, como materiais, acabamento e controle de qualidade, é igualzinho ao importado.


Pelo menos nas versões não houve mudanças: Attraction, com câmbio automático, direção elétrica, ar-condicionado, faróis bi-xenônio, sensor de estacionamento traseiro, sistema start-stop – que desliga o motor quando o carro para e o motorista pisa no freio –, rádio com bluetooth e computador de bordo, entre outros itens; e Ambiente, que traz também sensores de luz e chuva e rodas de alumínio de 17 polegadas.


A Ambition, top de linha, está equipada com motor a gasolina 2.0 Turbo TSI de 220cv e câmbio automático S-Tronic de seis velocidades e dupla embreagem. O ar-condicionado tem comando digital e duas zonas de temperatura, o computador de bordo oferece display colorido e o sistema de áudio é mais potente.


Preços: 

Attractive: R$ 99.990

Ambiente: R$ 109.990

Ambition: R$ 137.990